16 janeiro 2010

Capítulo 65 - I-like-you;

Esse, é um pensamento um tanto quanto remoto, mas a garota gostaria que isso ficasse registrado.

Ah, eu não sei.
É tão difícil toda essa coisa de gostar de uma outra pessoa.
Porque a partir do momento em que você envolve uma outra pessoa numa 'relação', você engloba outros pensamentos, outras vontades, uma outra pessoa;
E acaba englobando os seus amigos, os amigos dessa pessoa, e mais um monte de pessoas que não tem nada a ver, me entende?

E é difícil aguentar a barra. Porque é tanta pressão, é tanto intrometimento, é tanto conselho que não foi pedido, que você acaba ficando meio sem saber o que fazer.
E a sua primeira opção e a que parece mais clara é desistir.
Você quer desistir de tudo, sim. Deixar tudo pra trás.
Outra pessoa? Que outra pessoa?
Por que eu gostava dele mesmo? Que, eu nem gostava dele.

Mas a solução não é, nunca foi, e nunca será desistir.
O homem fez fogo desistindo? O homem chegou à Lua desistindo? Barack Obama chegou à presidência dos Estados Unidos desistindo? Você tirou aquele MB na prova passada desistindo? Você alcançou aquele objetivo desistindo?

E voltamos ao começo.
Vale a pena desistir de uma pessoa?
Vamos lá, o que você ganha ao desistir de uma pessoa?
Paz? Silêncio?
E o que você ganha ao não desistir de uma pessoa? O que você ganha ao lutar por ela?
Amor? Amizade? Um tempo juntos? Alegria? Felicidade? Compreensão? Paz?

É, seria bom saber.
Queria poder não precisar chegar ao final pra descobrir.
Queria saber o futuro. Saber se eu não perdi meu tempo com você.
Se você é mesmo o que eu acho que é.
Se as aparências realmente podem enganar, ou se é só ditado popular;
Se você é realmente o que eu penso, ou é o que as pessoas dizem que é;
Se você vale a pena ou se você é perda de tempo;


Fim do capítulo 65;

1 notas de rodapé:

Nicholas disse...

me indentifiquei pessoalmente com esse