21 outubro 2009

Capítulo 57 - Só mais um sobre você;

Outro texto velho.

 E então, eu tinha que colocar os pingos nos is disso tudo. Por que eu tô confusa.
Ér, eu tinha certeza absoluta de que eu gostava de você. Mas você me fez ignorar esse sentimento.
E agora... eu tô aqui.
E da sua parte? Foi tudo fingimento, né?
Porque você me disse que não sente nada.
Eu podia jurar que você ao menos se importava comigo. Mas parece que não.
Tá tudo bem, então. Você não gosta mesmo de mim? Não me acha nem ao menos bonita? Não tem  nada em mim que você goste?

Você não ficaria comigo? Tudo bem, eu entendo você.
Sabe, eu poderia até dar outra chance pra você caso você percebesse que sente algo por mim.
Se você quer seguir a sua vida, vai. Que eu sigo a minha.
Espero que você fique bem na etec, pois eu pretendo mudar de escola.
Eu pretendo me afastar de certas coisas, querido.
É isso. Os pingos nos is foram colocados, todos os ts foram cortados e todas as palavras fora acentuadas.
Foi bom enquanto não durou.

Bem, esse é mais velho ainda.
Priick estava numa fase um tanto quanto depressiva quando o escreveu, a entendam.


Fim do capítulo 57;

2 notas de rodapé:

# Louis disse...

O figimento está em toda parte e está acabando comigo!

- Lara Alves disse...

Adorei o blog ;)
Tô seguindo | Se puder dá uma passadinha no meu e me segue tbém ;D
Bjo =*